fbpx

Jaffa - Foto: Ron Shoshani (CC BY-NC-ND 2.0) Tel Aviv

Tel Aviv nunca é o objetivo principal de uma viagem a Israel. Quando alguém programa uma viagem à “Terra Santa”, na maioria das vezes, o que a pessoa mais tem interesse em conhecer é Jerusalém. Outros são atraídos por causa do Mar Morto ou mesmo pelo balneário de Eilat no Mar Vermelho. Nunca por causa de Tel Aviv!

Apesar disso, muita gente acaba visitando a cidade. Por isso, muitas pessoas ficam com aquela dúvida, “vale a pena conhecer Tel Aviv?” Na maioria das vezes a reposta é SIM e eu explicarei o motivo.

Leia também: Onde ficar em Tel Aviv

passeios turísticos tel aviv israel

Vista de Tel Aviv do alto de Old Jaffa

Vale a pena visitar Tel Aviv?

Tel Aviv não é uma cidade muito turística pelo simples fato de não possuir atrações turísticas de destaque. Porém, a cidade possui um clima legal, um ambiente cosmopolita, podemos dizer que é uma cidade vibrante e moderna, onde você encontrará praias, bons restaurantes e uma vida noturna agitada.

Até aí, nada de mais. A principal vantagem da cidade é devido a sua logística. Como a maior parte dos turistas chega a Israel através do Aeroporto Internacional de Tel Aviv, não custa “dar um pulo” na cidade. Com um dia já dá para sentir como é a cidade. Com dois dias é possível explorar melhor o local e pegar uma praia. Três dias apenas se você estiver interessado em explorar bem Tel Aviv. Mais do que isso é desperdício de tempo, já que Israel possui outras atrações mais interessantes como Jerusalém, Mar Morto e Haifa.

Entretanto, se sua viagem for muito corrida, é melhor gastar o tempo nos demais destinos do que em Tel Aviv. É melhor aumentar de dois para três dias sua estadia em Jerusalém ou incluir o Mar Morto no seu roteiro.

Leia também: Conheça os principais destinos turísticos de Israel

O que fazer

Old Jaffa

Old Jaffa – Foto: Ziva & Amir (CC BY-NC-ND 2.0)

A maior atração turística de Tel Aviv é a sua parte histórica, chamada de Velha Jaffa. Jaffa foi uma das cidades mais antigas do mundo e o porto mais importante da região por um longo período. Estudos arqueológicos dizem que a cidade já era habitada em 7000 a.C. Porém, o que sobrou dela são construções da época do Império Otomano, ou seja, de alguns séculos atrás. Digo que esperava mais dessa parte da cidade. Não achei nada de muito interessante. Mas, também a visitei de noite, quando as lojas já estavam fechadas. Próximo a Jaffa, encontra-se a Torre do Relógio com uma feira de antiguidades. Toda essa região possui galerias de arte e muitos restaurantes.

Museus

Museu de Arte de Tel Aviv – Foto: Artur Salisz (CC BY-NC 2.0)

Tel Aviv possui alguns museus, mas nenhum de grande destaque. O principal museu da cidade é o Museu de Arte de Tel Aviv, que possui uma coleção de arte moderna, a maior parte de artistas israelenses, mas também de alguns artistas reconhecidos internacionalmente como Pablo Picasso e Joan Miró. Outro museu que também recebe bastante turistas é o da artista israelense Ilana Goor. O museu fica em um casarão histórico na Velha Jaffa e possui várias obras de arte contemporânea da artista.

Vida noturna

bares restaurantes tel aviv

Tel Aviv a noite – Foto: Victor Bezrukov (CC BY-NC 2.0)

A vida noturna de Tel Aviv é animada, algo que não é comum de se ver em Israel. A cidade conta com vários bares e boates, mas os destaques são os restaurantes. A cidade tem fama de possuir bons e ecléticos restaurantes. O kosher, que é um tipo de restrição alimentar da lei judaica, não é seguido pela maioria dos restaurantes da cidade. Por isso, você poderá comer frutos do mar à vontade!

Cidade Branca

pontos turisticos tel aviv

Prédios Bauhaus – Foto: xiquinhosilva (CC BY 2.0)

Tel Aviv é conhecida como Cidade Branca, já que é a cidade com mais edifícios em estilo Bauhaus do mundo. Isso inclusive deu a cidade o título de Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, em 2003.

OUTRAS MATÉRIAS DE ISRAEL:

-É seguro viajar para Israel?

-O que fazer em Jerusalém, veja as principais atrações turísticas

-Haifa, a cidade da tolerância e dos famosos jardins de Israel

-Mar Morto, o que saber antes de ir

Foto de capa: Ron Shoshani (CC BY-NC-ND 2.0)

Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.