Forte de Santa Maria - Foto: Ministério Relações Exteriores (CC BY-NC 2.0) Salvador

Salvador é um grande destino turístico no Brasil! Famosa pela culinária, pelo axé e pelas religiões de matrizes africanas, a capital baiana é uma cidade muito intensa e de diferentes contrastes, o que pode encantar ou decepcionar os turistas, mas, com certeza, não deixará de surpreender!

A cidade, fundada em 1545 com o nome de São Salvador da Bahia de Todos os Santos, possui muita história para contar. Primeira capital do Brasil, Salvador possuiu muita importância no Brasil colônia. Mas, talvez não seja esse o motivo principal para que muitas pessoas conheçam Salvador.

Leia também: Onde se hospedar em Salvador

pontos turísticos salvador

Elevador Lacerda – Foto: Philips Communications (CC BY-NC-ND 2.0)

Carnaval

Talvez, o que mais tenha dado fama a Salvador seja o Carnaval. Entre o público jovem, principalmente, o Carnaval de Salvador sempre foi muito almejado. E não é a toa, pois a grande quantidade de blocos e camarotes, acompanhados da alegria e animação da festa proporcionaram fama nacional e internacional. Por muito tempo, enquanto o carnaval do Rio de Janeiro era feito mais para assistir, o de Salvador era para se divertir. Pessoas do Brasil inteiro gastavam grandes quantias para poder passar o Carnaval no local mais almejado de todo o Brasil.

trio eletrico bloco carnaval salvador

Carnaval em Salvador – Foto: Wikipédia (CC BY 2.0)

Porém, a ascensão do Carnaval de rua em todo o Brasil, especialmente no Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte, fez pulverizar os destinos e as atenções. Os altos preços e a decadência do axé fizeram diminuir a quantidade de blocos de Carnaval em Salvador nos últimos anos. Além disso, a mudança do foco dos blocos para os camarotes e a queda da procura está fazendo com que a cidade repense o formato do seu Carnaval, considerado muito elitista.

Leia também: Quando ir a Salvador: clima, festas e melhor época para viajar

Culinária

Outro ponto muito marcante de Salvador é a culinária! Amando ou odiando, ninguém passa por Salvador sem se envolver com a exótica culinária baiana. Acarajés, moquecas e cocadas são apenas alguns dos pratos possíveis de saborear.

Muito da antipatia que as pessoas possuem em relação à culinária baiana é a repulsa ao azeite de dendê e às pimentas, mas saiba que nem todos os pratos levam esses típicos ingredientes. Para saber mais leia: Onde comer em Salvador: acarajé, moqueca e alta gastronomia.

Acarajé baiano

Centro Histórico

Essa é a parte mais turística da cidade e foi ela que deu o título de Patrimônio da Humanidade pela Unesco a Salvador! O conjunto arquitetônico do Centro é um ótimo exemplo da arquitetura portuguesa ultramarino. Entre as construções do século XVI ao XIX encontram-se muitas igrejas e casarões. Entretanto, o principal destaque é a Igreja de São Francisco, a mais bonita da cidade, que tem seu interior ricamente decorado em ouro.

atrações turísticas salvador

Coral se apresentando na Igreja de São Francisco

Dentro do Centro Histórico está o Pelourinho. Local mais famoso de Salvador, é onde encontram-se as igrejas mais visitadas do Centro Histórico. Porém, o local é mais conhecido por ter muitas casas coloridas. Para saber mais leia Pelourinho, a parte mais famosa de Salvador.

Essa região até pouco tempo atrás era bem degradada e violenta. Um dos funcionários da informação turística municipal, no Pelourinho, nos disse que há uns 15 anos não era comum visitar essa região, já que era feia e perigosa. Entretanto, com o clipe do Michael Jackson gravado na região, o local passou a ganhar fama e começou a ser revitalizado. Hoje, o lugar é bonito e mais seguro. Não vou dizer que é muito seguro, porque na informação turística nos deram mapas com as ruas que são seguras de andar, que são marcadas de amarelo. A informação turística fica em frente a uma famosa praça do Pelourinho chamada Terreiro de Jesus.

Leia também: Quantos dias ficar em Salvador, roteiros de 2, 4 e 7 dias

pelourinho salvador

Pelourinho

Sincretismo religioso

Salvador é considerada a cidade mais negra do Brasil, 75% da população se considera preta ou parda, segundo o Censo de 2010 do IBGE. Essa população de origem africana foi a responsável por trazer as religiões de matrizes africanas para o Brasil. O Candomblé, que veio da África, foi tomando formas próprias ao chegar ao Brasil e a Umbanda já nasceu incorporando práticas do catolicismo e do espiritismo.

Essas religiões, que são muito fortes na Bahia, estão envolvidas em sincretismos religiosos. Um exemplo disso são as festas religiosas. Algumas divindades são identificadas com santos católicos. Por exemplo, a orixá Iansã é a Santa Bárbara. No dia de sua festa 04/12 existem celebrações tanto católicas quanto das religiões africanas, em ambas as celebrações as pessoas costumam vestir vermelho. Depois das celebrações, começa a tocar música em um palco em frente a Igreja de Santa Bárbara no Pelourinho, onde todos se encontram. Estive nesta festa em Salvador e é algo muito curioso! Além dessa festa, existem outras em que você pode ver o sincretismo religioso. A própria Praça 15 de Novembro, onde fica a Catedral Basílica e as Igrejas de São Domingos Gusmão e São Pedro dos Clérigos, é chamada de Terreiro de Jesus.

Todo esse sincretismo religioso presente em Salvador transforma a cidade, criando um clima muito peculiar e ao mesmo tempo interessante.

atrações turísticas salvador

Festa de Iemanjá – Foto: Danilo Bandeira (CC BY-NC-ND 2.0)

Igreja do Senhor do Bonfim

Falando de religião, não existe local mais visitado do que a famosa Igreja do Senhor do Bonfim. A igreja, que fica mais afastada do Centro, no bairro da Ribeira, atrai muitos turistas. A igreja, construída no século XVIII, não é das mais bonitas da cidade, mas todo mundo quer amarrar uma fitinha do Senhor do Bonfim em suas grades e fazer um pedido. Além disso, a lavagem da igreja é a festa profana mais importante da Bahia, quando baianas fazem um percurso de 8 km desde o Centro para poder lavar as escadarias da Igreja.

fitas igreja senhor do bonfim

Fitas do Senhor do Bonfim amarradas na grade em frente a igreja

Pontos turísticos

Salvador possui alguns pontos turísticos famosos, além do Pelourinho, da Igreja de São Francisco e da Igreja do Senhor do Bonfim, já citados acima. O Elevador Lacerda, o Mercado Modelo, o Farol da Barra, a Casa de Jorge Amado são alguns dos locais de destaque. Para ver visitas guidas em Salvador clique aqui. Entretanto, se formos analisar apenas os pontos turísticos, Salvador não é uma cidade muito interessante. Existem outras cidades com pontos turísticos muito mais interessantes que Salvador!

O que torna Salvador um destino inusitado e interessante é justamente seu clima, sua música, sua culinária e suas pessoas, isso sim é algo que você não encontrará em outro lugar do Brasil!

LEIA TAMBÉM:

-O que fazer na Praia do Forte, a praia das tartarugas

-Como chegar na Praia do Forte: do aeroporto e de Salvador

-As tartarugas e o Projeto Tamar na Praia do Forte

Foto d capa do Forte de Santa Maria - Foto: Ministério Relações Exteriores (CC BY-NC 2.0)

Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.

Pin It on Pinterest