fbpx

Foto: Miquel Vernet (CC BY-NC 2.0) Egito

O Egito é um país cheio de encantos e belezas. O Egito Antigo e a “era dos faraós” mexem com a imaginação das pessoas e despertam o interesse de turistas do mundo inteiro. Porém, o Egito é muito mais do que templos e sarcófagos. Veja abaixo os principais destinos turísticos do país.

Cairo

mesquita construída em alabastro egito

Mesquita do Alabastro na Cidadela de Cairo

A porta de entrada do Egito é a sua capital. Cairo concentra boa parte dos turistas que chegam ao país. A cidade possui uma boa infraestrutura, grande rede hoteleira, variedade de restaurantes e algumas atrações interessantes, como o Museu Egípcio onde fica a famosa máscara mortuária de ouro de Tutancâmon.

Entretanto, o que chama mais atenção dos turistas são os sítios arqueológicos que ficam fora da cidade, como Memphis (a antiga capital), Saqqara (onde há as pirâmides em degraus) e Gizé, que é o próximo tópico.

Para saber sobre a pitoresca cidade do Cairo, leia: Cairo, a caótica e interessante capital do Egito. Caso queira conhecer o que Cairo oferece aos turistas leia: O que fazer no Cairo, veja as 8 principais atrações turísticas.

Gizé

pose divertida na Pirâmide de Quéfren

Pirâmide de Quéfren

Gizé é uma cidade vizinha a Cairo e onde se localizam as famosas Pirâmides de Quéops, Quéfren, Miquerinos e a grande esfinge. Como essas são as atrações turísticas mais famosas do país, Gizé ganhou fama internacional. Ao contrário do que muita gente pensa, Gizé é uma cidade grande, a terceira maior do país. Porém, não é uma cidade bonita, muito menos organizada, o que acaba fazendo com que a maioria dos turistas se hospede em Cairo. Para conhecer mais sobre as pirâmides, leia: Pirâmides de Gizé, a parte mais turística do Egito.

Já para conhecer um outro lado das pirâmides e conhecer os golpes mais comuns contra turistas leia: Passeio de Camelo nas Pirâmides do Egito, cuidado com os golpes.

Alexandria

Fort Qaitbey – Foto: David Stanley (CC BY 2.0)

Fundada por Alexandre, o Grande, na costa mediterrânica, Alexandria é uma das cidades mais famosas do Egito. O local, que se tornou o centro do poder durante o governo de Cleópatra, possui muitas histórias e lendas. Mas, a cidade possui mais fama do que lugares interessantes para conhecer. Por isso, não é das cidades mais visitadas do Egito. Entre seus principais pontos turísticos estão: Cidadela, as Catacumbas de Kom el Shoqafa e a Biblioteca de Alexandria.

Luxor

Templo de Luxor

Luxor é o coração do Egito Antigo. A cidade, que era chamada de Tebas, foi a principal capital do Império Egípcio, concentrando a maior parte dos sítios arqueológicos do período faraônico que existem hoje. Possui templos, museus e o impressionante Vale dos Reis, o local onde estão as tumbas dos principais faraós. Para saber mais leia: Diferenças entre as Pirâmides de Gizé e o Vale dos Reis de Luxor.

A cidade localiza-se no sul do país, a 700 km de Cairo. A distância desanima muitos turistas, mas a cidade merece uma visita, sobretudo por quem se interessa por história. Para saber mais sobre a história e pontos turístico da cidade leia: Luxor, o coração do Egito Antigo. Já para conhecer um outro lado não tão legal da cidade leia: Luxor, a cidade dos vendedores e taxistas mais chatos do mundo.

Aswan

Templo de Philae – Foto: Dennis Jarvis (CC BY-SA 2.0)

Ainda mais ao sul do país está Aswan, a última grande cidade antes da fronteira com o Sudão. A cidade localiza-se a 213 km de Luxor. Apesar de não ficar longe da antiga capital, a região não era parte do Egito; era chamada de Núbia, mesmo sendo conquistada pelo império.

Na região de Aswan encontram-se alguns templos, a maioria construída pelo faraó Ramsés II. O mais famoso deles é o Templo de Philae que fica em uma ilha no Rio Nilo. Aswan não possui muitas atrações turísticas, além de Philae, há a grande barragem e o Museu Núbio. Grande parte dos turistas chega à cidade porque ela é o ponto de partida para quem deseja conhecer Abu Simbel.  Para saber mais leia: Aswan, a cidade núbia do sul do Egito.

Abul Simbel

selfie abu simbel egito

Templo principal de Abu Simbel

Uma das maiores joias de todo o Egito é o incrível templo de Abu Simbel. Construído pelo faraó Ramsés II é o que há de mais belo de todo o Egito Antigo! O local possui dois templos, o principal dedicado ao faraó Ramsés II e o outro a sua principal esposa Nefertari.

Abu Simbel precisou ser removido de lugar na década de 1980, devido à construção da represa de Aswan, que deixaria os templos submersos pelas águas.

Abu Simbel é um lugar incrível, mas não são muitos turistas que o visitam devido à distância. O templo fica a 282 km de Aswan, o que significa três horas de viagem por terra atravessando o deserto. Para saber como chegar até o templo leia: Como chegar em Abu Simbel: ônibus, tour e avião. Já para saber mais sobre o mais admirado templo do Egito leia: Abu Simbel, a joia do Egito Antigo.

Sharm el Sheikh

nadando snorkeling blue hole egito

Blue Hole

O Egito não possui apenas destinos históricos. Existem também famosos balneários para curtir uma praia e pegar sol. O balneário mais famoso do país é a cidade de Sharm el-Sheikh. Situado no sul da Península do Sinai e a 474 km do Cairo, a cidade se tornou famosa devido a seu mar. Banhada pelo Mar Vermelho e situada entre o Golfo de Suez e de Aqaba, a região é considerada uma das melhores do mundo para mergulhar. Para conhecer os melhores locais para apreciar a fauna marinha leia: Blue Hole, Tiran e Ras Muhammad, conheça os tours de Sharm el Sheikh.

Sharm el-Sheikh é uma cidade muito organizada e bonita, criada para ser um destino turístico, assim como Cancún. Boa parte de seus hotéis são resorts e existem turistas que vão para o Egito apenas para ficar em Sharm el-Sheikh. Para saber mais leia: Sharm el-Sheikh: a Cancún do Oriente Médio.

Hurghada

Hurghada vista do alto – Foto: compidoc (CC BY-ND 2.0)

O outro destino de praia do Egito é Hurghada. A cidade também é banhada pelo Mar Vermelho, mas fica na parte continental do Egito, a 100 km de Sharm el-Sheikh em linha reta e a 448 km do Cairo. Hurghada possui o mesmo estilo de Sharm el-Sheikh: uma cidade bonita, organizada e cheia de resorts. Apesar de ter vindo depois, Hurghada possui mais opções de hotéis do que Sharm, entretanto, sua vida noturna não é tão desenvolvida. Talvez a maior vantagem da cidade seja sua proximidade com Luxor, 300 km, o que torna mais fácil uma viagem com esses dois destinos.

OUTRAS MATÉRIAS SOBRE O EGITO:

-Egito, conheça os golpes mais comuns contra turistas

-O trânsito maluco do Cairo e as dicas de transporte

-Onde ficar no Cairo, conheça as regiões da cidade

-Pirâmides de Gizé: descubra os melhores locais para fotografar

Foto de capa, avenida das esfinges, Luxor. Foto de: Miquel Vernet (CC BY-NC 2.0)

Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.