Como chegar em Chichén Itzá: excursão ou por conta própria? Cancún / Mérida
Chichén Itzá é a ruína pré-colombiana mais famosa do México. A antiga cidade Maia possui a Pirâmide Kukulcán, que é uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo e atrai milhares de turistas todos os anos. A maior parte deles vem de Cancún, mas também é possível visitar o local partindo de outras cidades.

Uma informação essencial é que os passeios a Chichén Itzá costumam levar o dia inteiro, por isso programa-se para ter um dia disponível para essa visita. Para saber sobre história e dicas de visitação leia: Chichén Itzá e a famosa Pirâmide Maia perto de Cancún.

Tour

O jeito mais prático de visitar o sítio arqueológico de Chichén Itzá é através de tour (excursão). Existem vários tours saindo de Cancún e da Riviera Maya. O tour mais comum é o que visita pela manhã Chichén Itzá e a tarde vai ao Cenote Ik Kil, que se encontra a 3 km da atração principal. De Cancún até as ruínas são cerca de três horas de ônibus e de van pode ser um pouco menos, por isso as excursões costumam ser de um dia inteiro. Os tours possuem guia, normalmente em inglês ou espanhol, mas também existem empresas que oferecem em português. A primeira uma hora é com guia e depois há mais uma hora de tempo livre. Neste tempo, além de poder tirar mais fotos, muita gente aproveita para comprar artesanato lá dentro, pois é bem barato e possui bastante opção.

tour excursão chichen itza guia

Foto: Michael (CC BY 2.0)

Já o Cenote Ik Kil é um grande lago de 25 metros abaixo da superfície. O cenote é bonito, mas não é dos mais incríveis, já que não possui rios subterrâneos. Entretanto, ele possui uma boa infraestrutura de banheiros, guarda volumes e vestiários.

Alguns tours a Chichén Itzá também passam na cidade colonial de Valladolid. A cidade, fundada em 1543, não é uma grande atração turística, mas como parte do passeio a Chichén pode valer a pena a visita, já que possui ruas interessantes e uma grande catedral.

Os tours saindo de Cancún e da Riviera Maya, no geral, tem incluído guia, almoço e entradas. O preço médio é de US$60, mas podem chegar a US$120 dependendo do tour. Os tours costumam sair cedo, entre 7:00 e 8:00, mas como busca todo mundo no hotel, pode atrasar um pouco. Eu indico a Get Your Guide que possui vários tipos de tours, para ver os tours e saber os preços clique aqui.

Existem também tours saindo de Mérida, que é a cidade mais próxima a Chichén Itzá. Mérida é a capital do estado de Iucatã, onde estão as ruínas. A cidade é mais barata e os tours saindo de lá costumam ter preços menores. A começar, os preços são em Pesos e não em Dólares. Um tour com guia, transporte, mas sem almoço e sem ingresso, que vai apenas a Chichén Itzá, custa cerca de $600 MXN (US$32).

excursões chichen itza tour

Sítio arqueológico de Chichén Itzá – Foto: Nikonian Novice (CC BY-ND 2.0)

Conta própria

Uma outra opção, quem também é bem simples, é visitar por conta própria. Existem linhas de ônibus saindo de Cancún, Playa del Carmen, Tulum e Mérida. A maior vantagem de ir por conta própria é poder ficar o tempo que quiser por lá e poder chegar mais cedo, para evitar as multidões. Chichén Itzá está a 200 km de Cancún, 180 km de Playa del Carmen e 150 km de Tulum. Já Mérida, fica na direção oposta e se encontra a 120 km do sítio arqueológico. As estradas são boas e não costuma haver perigo neste trecho.

Leia também: Onde ficar em Cancún: mar calmo, resort, balada ou custo-benefício?

Estrada para Mérida (Chichén Itza) – Foto: Brennan (CC BY-NC-ND 2.0)

Ônibus

Ônibus é a opção mais barata para chegar até Chichén Itzá e não é difícil. Existem várias linhas de ônibus entre as cidades turísticas como Cancún, Playa del Carmen e Mérida até Chichén. Os ônibus partem das rodoviárias de cada cidade e chegam até a porta do sítio arqueológico. Os ônibus mais baratos (2a classe) fazem muitas paradas, já os mais caros (1a classe) quase não param tanto, por isso são mais rápidos e possuem ar condicionado. Eu fui de ônibus, desde Mérida e achei a viagem bem tranquila.

Para saber preços e horários dos ônibus de primeira classe, entre no site da empresa de transporte ADO, clicando aqui. Já os de segunda classe, que possuem mais horários, não consegui achar nenhum site com preços e horários. Normalmente, é possível comprar as passagens na hora.

Leia também: Xcaret, vale a pena ir aos parques de Cancún?

Carro

Outra opção é ir de carro. Se você quiser alugar um carro, não é difícil de chegar a Chichén Itzá. A principal estrada que leva até lá desde Cancún é a Carretera 108D, que possui pedágios, mas é bem conservada e tem duas faixas em cada sentido. Nesta opção existe a vantagem da viagem ser mais rápida e é possível parar aonde quiser como no Cenote Ik Kil e na cidade de Valladolid.

Se tiver interesse em alugar um carro na Colômbia, a indicação é a RentCars. Na RentCars você pode fazer cotação e encontrar a menor tarifa entre as principais locadoras de veículos. Além disso, a empresa permite pagar em reais, sem IOF e parcelar o pagamento no cartão de crédito. Para fazer uma cotação clique aqui.

estrada chichen itza mexico

Foto: Dave Herholz (CC BY-SA 2.0)

Não se esqueça de passar protetor solar, levar chapéu ou boné e água.

OUTRAS MATÉRIAS SOBRE CANCÚN:

-Cancún, a cidade bonita, com o mar azul e cheia de resorts

-Hotéis All Inclusive em Cancún, do barato ao luxo

-Cancún ou Playa del Carmen, onde ficar?

-Coco Bongo, tudo sobre a boate mais famosa de Cancún

-Furacões, chuvas, festas e preços, veja quando ir a Cancún


Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.

Pin It on Pinterest