7 dicas essenciais de Buenos Aires Buenos Aires

Sempre é bom saber as dicas de um lugar antes de viajar. Por isso, juntei em um mesmo texto, várias dicas de Buenos Aires; para você não passar aperto em terras portenhas.

Leia também: Onde ficar em Buenos Aires: no centro ou nos bairros?

Dica 1 – Tomadas

A voltagem na Argentina é de 220V, mas não é esse o maior problema, e sim o formato das tomadas! Há dois tipos de tomadas: uma delas é bem diferente do Brasil, três pinos chatos, dois deles tortos, na diagonal. Alguns hotéis emprestam adaptadores, mas não é difícil de encontrá-los para comprar, nas lojinhas de conveniência, que tem em cada esquina.

Dica 2  – Metrô

O Metrô é uma ótima opção de deslocamento em Buenos Aires, para mim é a melhor! Em Buenos Aires ele é chamado de subte e chega a vários pontos turísticos da cidade.  O transporte público na Argentina era subsidiado, no governo da Cristina Christner. Hoje (nov/2018), a passagem unitária custa 3 vezes mais que em 2015. Mesmo, assim, vale a pena utilizar esse meio de transporte para grandes deslocamentos. Para deslocamento pequenos, se você estiver em casal ou em grupo, vale a pena se deslocar de táxi. Uma outra dica importante do metro é prestar atenção no sentido da linha do metro que deseja ir, pois você passará pela catraca que dará acesso a apenas uma direção.

Dica 3  – Táxi

O táxi em Buenos Aires possui um custo relativamente barato, em relação ao Brasil. Por isso, pode ser uma boa opção, para curtos deslocamentos e quando se queira rapidez ou conforto. Mas, tome cuidado, muitos taxistas dão golpes em turistas. Os mais comuns são: não utilizar o taxímetro e querer te cobrar um valor muito alto; e dar notas falsas de troco.

Dica 4  – Cubierto

O cubierto é uma taxa cobrada pelos restaurantes e não se refere aos 10% do garçom. Essa taxa é um mistério para muita gente e se refere a um “serviço de mesa”. Em espanhol “cubierto” significa talher; pode parecer estranho, mas muitos lugares justificam a taxa pela utilização dos talheres. Outros restaurantes justificam a taxa pelo cestinho de pães e molhos que acompanham a comida. Então, mesmo se você não comer os pãezinhos, a taxa será cobrada. Hoje em dia, muitos restaurantes já deixaram de cobrar essa taxa, mas não se surpreenda quando ela vier na conta.

Dica 5  – Atrações turísticas gratuitas

A maioria dos principais pontos turísticos de Buenos Aires são gratuitos! Apenas preste atenção ao horário e dia de funcionamento, pois alguns deles, como a Casa Rosada só funcionam alguns dias da semana. Para saber mais sobre este assunto, veja nossa matéria 10 Pontos Turísticos Gratuitos em Buenos Aires.

Já para conhecer os tours guiados e passeios pagos e visita às cidades próximas, veja aqui.

Dica 6  – Tango

O show de tango é uma das principais atrações turísticas da capital portenha. E as apresentações não são de graça, muito pelo contrário, podem ser bem caras dependendo da casa de show e do lugar da mesa. Porém, é algo que vale a pena ver, as apresentações são muito interessantes! Escolha uma que caiba no seu orçamento. Para saber mais leia nossa matéria Como escolher o show de Tango em Buenos Aires?

Dica 7  – Cuidado ao pedir carnes

As carnes são um dos pratos mais tradicionais da culinária argentina. Vale a pena, pelo menos um dia,  ir a um restaurante especializado em carne. O prato mais tradicional é o bife de Chorizo e ele é, realmente, delicioso! O único cuidado que você precisa tomar é referente a que ponto pedir sua carne. Na Argentina, o que eles chama de “bem passado” é o que no Brasil costumamos chamar de “ao ponto” e o “ao ponto” dos hermanos é o que chamamos de “mal passado”. Por isso, se você não gostar que a carne venha muito sangrando, sempre peça “bem passado”.

Dica Extra: Seguro Viagem

A Argentina não mantém convênio de saúde com o Brasil. Por isso, se você tiver algum problema, terá que ir aos hospitais particulares. E gastos médicos podem ser bem caros na Argentina! Por isso, recomendamos contratar um seguro de viagem, antes de viajar! A Seguros Promo é um ótimo lugar para você fazer sua cotação e contratar o seguro, já que ela trabalha com excelentes seguradoras e possui o melhor custo-benefício. Como mantemos convênio com a empresa, utilize o cupom ABRACEOMUNDO5 e ganhe 5% de desconto e mais 5% se pagar com boleto bancário.

E aí, tem mais alguma dica? Escreva nos comentários.

LEIA TAMBÉM:

– Quantos dias ficar em Buenos Aires?

– Onde ficar em Buenos Aires: no centro ou nos bairros?

– Como escolher o show de Tango em Buenos Aires?

– 10 Pontos Turísticos Gratuitos em Buenos Aires

– Alfajor, uma delícia da culinária latina

– Como ir de Buenos Aires a Montevidéu – 4 opções


Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.

Pin It on Pinterest