San Andrés, carrinho de golf e outras opções para se deslocar Colômbia

Um dos passeios mais tradicionais de San Andrés, na Colômbia, é dar uma volta em torno da pequena ilha. Ao longo dos 28 km da rodovia litorânea, existem várias praias interessantes e bonitas.

Para quem deseja fazer esse passeio há quatro opções de transporte: transporte público (ônibus), chiva, trenzinho turístico e alugar um veículo.

Leia também: San Andres a incrível ilha do caribe colombiano

Transporte público

Essa é a opção mais barata; há ônibus que fazem o trajeto em torno da ilha. O problema é que eles não são muito frequentes e você precisa saber onde quer ir, pois se você quiser ir parando onde der vontade, vai acabar passando mais tempo nos pontos de ônibus do que nas praias. Mas, para quem já sabe onde quer ir e quer economizar essa é uma boa opção. O ônibus custa $2 mil COP (Pesos Colombianos).

Chiva e trenzinho

A chiva é um ônibus típico da Colômbia que possui as laterais abertas e é utilizada em muitos passeios turísticos. Já o trenzinho é aquele veículo com rodas que parece com um trem e que as crianças costumam gostar.

Essas duas opções são muito parecidas, tanto a chiva quanto o trenzinho possuem um roteiro preestabelecido e param nas principais atrações turísticas ao redor da ilha, mas ficam pouquíssimo tempo em cada lugar. Eles, inclusive, possuem o mesmo preço, $30 mil COP e saem no mesmo horário, às 9:00 horas. O tour dura 2 horas e meia e dependendo do movimento há saídas de tarde, às 14:00 horas. Esse é o passeio que parece mais organizado, entretanto também mais engessado, já que há lugares que você sentirá vontade de ficar uma ou duas horas, mas terá apenas 20 minutos. Outro ponto negativo é com relação ao preço, alto para um passeio rápido. Porém, essa pode ser uma boa opção para uma primeira volta na ilha, caso você fique vários dias.

Chiva coloriada da colombia

Chiva – Foto: Galo Naranjo (CC BY-NC-ND 2.0)

Aluguel de veículos

Existe uma grande variedade de veículos para alugar: carro, moto (scooter), bicicleta, mas os mais comuns são os carrinhos de golfe, Mule e Polaris. Essas são as opções mais divertidas para dar a volta na ilha.

Se você pretende alugar um veículo, a primeira decisão é escolher qual tipo de veículo irá alugar. O que parece ser uma decisão sem muita importância, influenciará quanto você gastará e em quanto tempo dará a volta na ilha. Por isso, conheça abaixo os três tipos de carrinhos mais populares em San Andrés.

mulher pilotando uma scooter na praia ao por do sol

Scooter – Foto: harlanov (CC BY-NC-ND 2.0)

Carrinho de Golfe

Essa é a opção mais conhecida e também a mais barata, porém menos emocionante. Os carrinhos de golfe não correm, eles conseguem alcançar no máximo 20 km/h. Por isso, uma volta na ilha durará, no mínimo, 1 hora e meia. Essa é a maior desvantagem desses veículos. Como o carrinho de golfe é muito lento e você parará em vários lugares, você só conseguirá dar uma volta na ilha.

Carrinho de Golf para 4 pessoas- Foto: Michael Keen (CC BY-NC-ND 2.0)

Há carrinhos de golfe de 2 e de 4 lugares. Eles são os mais fáceis de dirigir e os que oferecem menos perigo, porque se acidentar dirigindo a 20 km/h é muito difícil! Outro ponto negativo desses carros é seu freio não ser bom, por isso você não poderá subir a parte alta da ilha, que é o bairro de La Loma, onde fica a Igreja Batista, a mais antiga da ilha. Essa é a parte menos interessante de San Andrés, mas se deseja visitá-la alugue outro carrinho. O aluguel diário do carrinho de golfe custa $100 mil COP.

Igreja Batista em La Loma – Foto: Manuel Villafañe (CC BY-NC 2.0)

Mule

Esse é o melhor carrinho e também o mais caro para alugar. O Mule é um pequeno veículo, do tamanho do carrinho de golfe, fabricado pela montadora japonesa Kawasaki. O Mule tem fama de possuir boa qualidade, com bons amortecedores e inclusive, há modelos com tração nas quatro rodas. Entretanto, em San Andrés não é necessário um carro ser 4×4, pois todos os locais onde você andará existe asfalto. Outra vantagem do Mule é ser um bom veículo, fácil de dirigir e possui um motor que faz o carrinho andar a mais de 60 km/h. Os carrinhos também possuem guarda-volume em baixo do capô, o que pode ser interessante para guardar objetos pessoais, enquanto você estiver na praia. Há Mules de vários tamanhos, que transportam de 2 a 7 pessoas. O lado negativo é o preço, a diária de um carro para duas pessoas custa $150 mil COP e para quatro pessoas $200 mil COP.

Mule para 2 pessoas- Foto de divulgação Kawasaki

Polaris

Esse é o concorrente do Mule e possui um preço intermediário. A Polaris é uma marca que também fabrica carrinhos, seus veículos são melhores que os carrinhos de golfe, mas não são tão confortáveis, nem possuem motores tão potentes quanto os Mules. Os carrinhos da Polaris chegam a 40 – 50 km/h e há veículos para duas e quatro pessoas. A melhor vantagem dessa marca é que ela possui o melhor custo-benefício; um carrinho para duas pessoas custa $120 mil COP a diária. Esse foi o carrinho que escolhi e gostei. Demora um tempo para você se acostumar com ele, principalmente, dirigindo a uma baixa velocidade em que é comum ele dar uns solavanques, enquanto você não pega a malícia. Mas, logo você se acostuma.

Já pelo lado negativo, o Polaris não é tão popular como os carrinhos de golfe e mules nas locadoras de veículos de San Andrés. Por isso, você terá que procurar um pouco mais para achá-lo.

Polaris para 2 pessoas

Como funciona os alugueis de veículos

Há várias lojas que alugam carrinhos em San Andrés; localizam-se lado a lado na região da Calle 1. Os preços não variam muito entre uma locadora e outra, mas sempre é bom pesquisar. Outra dica é testar o carrinho para ver se ele está sem nenhum problema.

Não é necessário carteira de motorista para dirigir em San Andrés e nas locadoras eles não exigem esse documento, apenas perguntam se você sabe dirigir.

Os aluguéis valem por todo o dia, das 8:00 às 17:30 ou 18:00 horas, dependendo do horário de funcionamento de cada loja. Se você for alugar um carro pela tarde, é possível negociar um desconto, mas não chegará a ser a metade do preço.

A maioria das locadoras já incluem no valor do aluguel o combustível. A locadora te entrega o carrinho com o tanque cheio e você devolve do jeito que estiver. Dificilmente, você precisará abastecer o veículo; no Polaris, por exemplo, com um tanque é possível dar três voltas na ilha.

estrada litoranea de San Andres colombia

Estrada Litorânea de San Andres – Foto: Pablo Lara H (CC BY-NC-ND 2.0)

Leia nossas outras matérias sobre a Colômbia:

– San Andres: passeio às ilhas de Acuario e Johnny Cay

– Quando ir a ilha San Andres na Colômbia

– Conheça os melhores hotéis em San Andres, Colômbia 

– Hostels de San Andrés, onde ficar pagando pouco 

– 7 dicas essenciais sobre a Colômbia

– Cartagena, a cidade superestimada da Colômbia

 

 

 


Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.

Share This