Roteiro de Foz do Iguaçu para 2, 4 e 6 dias Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu é um destino que você pode visitar em apenas um final de semana ou em uma semana inteira. Há várias atrações na região, então há muito o que ver.

Leia também: Foz do Iguaçu: quando ir e onde ficar

Roteiro de 2 dias – um final de semana

O principal de Foz do Iguaçu são as Cataratas do Iguaçu. Por isso, para uma passada rápida pela cidade, esse deve ser o foco do seu roteiro.

1° dia

É necessário um dia inteiro para conhecer o lado argentino das Cataratas. No Parque Nacional do Iguazú há três caminhadas para se fazer, que passam por várias quedas d’água das Cataratas. Essas caminhadas levam um bom tempo e ainda deve-se contar o tempo do deslocamento até a Argentina. Para saber mais leia o post Cataratas do Iguaçu, lado argentino.

2° dia

Use o segundo dia para visitar o lado brasileiro. No Parque brasileiro não tem muito o que fazer, apenas uma caminhada pequena; então em duas ou três horas é possível visitar tudo. Mas, você pode aproveitar para conhecer o Parque das Aves que fica em frente ao Parque Nacional do Iguaçu. Se ainda decidir fazer o passeio de barco, Macuco Safari, o lado brasileiro também ocupará um dia inteiro do seu roteiro. Para saber mais leia o post Cataratas do Iguaçu, lado brasileiro.

Flamingos no Parque das Aves

Flamingos no Parque das Aves

Roteiro de 4 dias

Com dois dias a mais você pode incluir no roteiro o Paraguai, Itaipu e Puerto Iguaçu. Com quatro dias, você já vê as principais atrações da região.

3° dia

O Paraguai é um lugar que muita gente tem vontade de visitar. Por mais que o dólar esteja alto, ainda assim, há quem não abre mão de visitar o Paraguai. Lembre que esse é um destino de compras, não é um local que possua pontos turísticos bonitos.

4º dia

No quarto dia você pode visitar a Usina de Itaipu pela manhã. Há vários tipos de visitas, sendo que a mais completa dura 2h30min. Nesse mesmo dia, você ainda pode ir a Puerto Iguazú. Na cidade argentina, vizinha à Foz do Iguaçu, há um Bar de Gelo, uma feirinha com produtos típicos argentinos, vários restaurantes e três cassinos. Se sobrar tempo, você ainda pode passar no Duty Free de Puerto Iguazú.

Usina de Itaipu - Foto de: -RS-

Usina de Itaipu – Foto de: -RS- (CC BY-NC-ND)

Roteiro de 6 dias – uma semana

Com seis dias você poderá incluir mais lugares no seu roteiro. Esses são passeios extras, nada que fará falta, caso não não possua tempo.

5° dia

O City Tour em Foz do Iguaçu é uma boa dica para o seu quinto dia de viagem. Entre os pontos turísticos da cidade estão: o Templo Budista, a Mesquita Islâmica e o Marco das Três Fronteiras. Saiba que sábado a tarde e domingo a Mesquita está fechada e segunda-feira é o dia do Templo Budista não abrir.

6° dia

No último dia você pode fazer o passeio de barco no Lago de Itaipu. Também há alguns museus de menor importância na cidade, como o Museu de Cera Dreamland, que não é nada grandioso como o Madame Tussaud, mas se sobrar tempo dizem que vale a visita.

Templo Budista - Foto de: Manu Sanches (CC BY-ND)

Templo Budista – Foto de: Manu Sanches (CC BY-ND)

 

Veja nossas outras matérias sobre Foz do Iguaçu e Puerto Iguazu:

– Cataratas do Iguaçu: diferenças entre o lado brasileiro e o lado argentino

– Do luxo a resorts, conheça os melhores hotéis de Foz do Iguaçu

– Ice Bar, o Bar de Gelo de Puerto Iguazú 

– Foz do Iguaçu: dois restaurantes legais para jantar e outras opções

– Onde comer em Puerto Iguazú, a cidade das carnes

– Como ir e o que fazer em Puerto Iguazú


Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.

Share This