Baños Equador

A Ruta de las Cascadas ou Rota das Cachoeiras, em português, é a principal atividade para se fazer em Baños, no Equador. A cidade, que possui a fama de ser a capital dos esportes radicais, consegue uma mistura perfeita de aventura e natureza, a qual pode ser melhor apreciada através dessa interessante rota.

A Rota das Cachoeiras é um percurso de 20 km, saindo da cidade de Baños, região dos Andes e indo até a cidade de Puyo, região amazônica. Pelo caminho há várias cachoeiras, um canyon e reservas florestais. É um cenário muito bonito e que encanta os turistas. Mas, sem dúvida são as cachoeiras as protagonistas desta rota, são mais de dez pelo caminho, algumas na própria rota e outras um pouco mais distantes da estrada.

Leia também: Baños, o que fazer na cidade da aventura no Equador

Cachoeiras

Há várias cachoeiras no caminho. Entre as principais está Agoyan, que é a primeira cachoeira do percurso, a 6 km de Baños, com 60 metros de altura é a maior dos Andes equatoriano, nela há uma tirolesa e um cable car, espécie de bondinho, em que é possível cruzar o canyon e ver a cachoeira mais de perto. Outra cachoeira é a Manto de la Novia, a 10 km de Baños, com 40 metros de altura, onde também há cable car e tirolesa. Em Rio Verde, a 15 km de Baños, localiza-se a cachoeira Pailon del Diablo, em que é preciso andar meia hora para chegar a um mirante, onde é vista a cachoeira de 80 metros de altura, que já fica na região amazônica. A rota acaba na Machay, a 20 km de Baños, única cachoeira em que é possível nadar e é necessário andar 20 minutos até chegar nela.

Cable Car

Cable Car

Valores

Para entrar nas cachoeiras é necessário pagar US$1, já o cable car custa US$1,50.

Tirolesas

Há várias tirolesas na Rota das Cachoeiras. Além das duas citadas acima, há mais duas ou três. Algumas tirolesas passam a impressão de serem mais organizadas e seguras do que outras. A mais longa possui 1 km de extensão e fica ao lado do segundo túnel, já a mais estruturada é a de Rio Blanco, onde é possível até ir junto com a sua bicicleta. O preço é entre US$10 e US$15, mas negociando é possível diminuir uns US$2 no valor.

esportes-radicais-banos

Tirolesa de Rio Blanco – Foto: Rinaldo Wurglitsch (CC BY 2.0)

Como fazer a Rota das Cascadas

Essa é a questão mais importante a decidir e isso influenciará totalmente a sua experiência, o tempo e o valor gasto. Há três opções: bicicleta, chiva e carrinho.

Bicicleta

Essa é a escolha clássica e a melhor na minha opinião. Fazer o trajeto de bicicleta deixará a sua experiência ainda mais interessante e aumentará o nível de aventura. Eu não teria achado a Rota das Cachoeiras tão legal, se tivesse utilizado outro meio de transporte.

O trajeto de 20 km não é longo e como a maior parte é descida, o esforço é pequeno. Mesmo para quem é sedentário, é algo possível de se fazer.

Para não precisar voltar pedalando, há caminhonetes que levam você e a sua bicicleta por US$2 de volta a Baños; elas saem de Rio Verde, perto da entrada do Pailon del Diablo.

Várias lojas em Baños alugam bicicletas, o valor é entre US$5 e US$10 para ficar o dia todo com ela. Aluguei uma de US$5, era nova e estava em bom estado. No aluguel da bicicleta está incluído um kit de conserto, uma corrente e um cadeado, para quando você parar em algum lugar.

O melhor horário para se fazer a Rota das Cachoeiras de bicicleta é pela manhã, pois a tarde é mais propensa de chover. Apesar de não ter pista exclusiva para bicicletas, os motoristas que dirigem na estrada estão acostumados a trafegar ao lado de ciclistas.

rota-cascatas-banos

Chiva

Essa é a opção de menor esforço, mais rápida e barata. As chivas param nas principais cachoeiras, mas ficam pouco tempo em cada uma. O problema é que você só poderá fazer as atividades (tirolesa e cable car) onde eles pararem e será muito mais difícil conseguir negociar o preço. O passeio de chiva custa US$5, dura 3 horas e há três horários de saída: 10:30, 13:30 e 15:30 horas.

rota-das-cachoeiras-de-bicileta-chiva

Chiva – Foto: Dave Lonsdale (CC BY 2.0)

Buggy

Esse pequeno carrinho para duas pessoas é a opção mais diferente e também a menos escolhida pelos turistas. O buggy te dará agilidade e rapidez para conhecer a rota, o problema é o preço, custa US$15, a hora. Se decidir conhecer Pailon del Diablo e Machay, você irá gastar quase uma hora em cada uma dessas duas cachoeiras. Por isso, gastará pelo menos três horas de aluguel, tornando o buggy uma opção bem mais cara do que as outras.

Buggy

Buggy

Veja nossas outras matérias sobre o Equador:

– Balanço do Fim do Mundo, um lugar único e mágico

– Cuenca, uma charmosa cidade histórica no Equador

– Parque Cajas, a exuberância dos Andes no Equador

– Metade do Mundo e Museu Intiñan em Quito


Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.

Share This