Principais pontos turísticos de Ho Chi Minh Vietnã

A cidade de Ho Chi Minh, também conhecida como Saigon, é a maior cidade do Vietnã e o centro econômico do país. A cidade que possui arranha-céus, passou por uma transformação nas últimas décadas e hoje é uma cosmopolita metrópole. Apesar da vocação de Ho Chi Minh ser mais para os negócios do que para o turismo, ela possui alguns pontos turísticos interessantes. Para saber mais sobre essa pitoresca metrópole, leia a matéria Ho Chi Minh a cidade comunista que virou cosmopolita.

Leia também: O caótico e maluco trânsito da cidade de Ho Chi Minh

Pontos turísticos

A cidade não possui muitos pontos turísticos. Mas, isso não quer dizer que eles não sejam interessantes. No centro da cidade são os prédios coloniais franceses que chamam a atenção, já fora o Delta do Rio Mekong e os Túneis de Cuchi são as maiores atrações. Então, vamos começar pelo centro da cidade.

Basílica de Notre Dame de Saigon

Como o Vietnã foi colônia da França, os franceses não poderiam deixar de construir uma grande igreja na cidade e que mesmo sendo batizada com outro nome, passou a se chamar Notre Dame. A igreja foi inaugurada em 1880 e possui 58 metros de altura. Apesar de possuir o mesmo nome da famosa catedral de Paris, a igreja de Ho Chi Minh não é nem de longe tão esplêndida como sua xará francesa. A Basílica de Notre Dame de Saigon ficou conhecida mundialmente em 2005, quando houve relatos de que uma imagem de Nossa Senhora, que fica na frente da igreja, chorou. O relato não chegou a ser confirmado pela diocese, mas levou milhares de pessoas ao local.

Igreja Notre Dame de Saigon

Igreja Notre Dame de Saigon

Central dos Correios

Próximo à Basílica de Notre Dame localiza-se a Central dos Correios, considerado um dos prédios mais belos de toda a cidade. O prédio, construído no final do século XIX, foi projetado por Gustave Eiffel, um dos idealizadores da Torre Eiffel. Um dos destaques da construção é a fachada externa, onde há nomes e rostos de grandes personalidades da história, tais como o filósofo Michel Foucault, o matemático André-Marie Ampère e o químico Gay Lussac.

Parte interna da Central dos Correios - Foto de: Timothy Neesam (CC BY-NC-ND 2.0)

Parte interna da Central dos Correios – Foto de: Timothy Neesam (CC BY-NC-ND 2.0)

Pham Ngu Lao Street

A Rua Pham Ngu Lao está situada em uma região de mochileiros, muito frequentada por jovens, onde há vários hostels, hotéis, lojas, restaurantes e inclusive bares! Podemos dizer que a Pham Ngu Lao Street é tipo a Khao San Road de Bangkok. Por isso, a noite que a rua se transforma, os bares ficam cheios, ocupando toda a calçada e ainda um pedaço da rua.

Rua Phnam Ngu Lao - Foto de: William (CC BY-ND 2.0)

Rua Phnam Ngu Lao – Foto de: William (CC BY-ND 2.0)

Palácio da Reunificação

Na minha opinião, esse é o principal ponto turístico da Cidade de Ho Chi Minh. O palácio possui 80 metros de largura e uma ampla área externa com jardins e gramados. Foi construído por franceses, no século XIX, para ser a sede do governo do país, por isso possui uma mobília luxuosa que foi preservada. Inicialmente, chamava-se Palácio Norodom, depois passou a se chamar Palácio da Independência, sendo sede do governo do Vietnã do Sul. O local também foi o símbolo do final da Guerra do Vietnã, quando em 1975, um tanque do Vietnã do Norte derrubou seu portão principal e o palácio foi tomado. Desde então o local se transformou em Palácio da Reunificação. Não deixe de passear pelo pátio onde há jardins, tanques e aviões do exército.

Palácio da Reunificação

Palácio da Reunificação

Museu de Memórias da Guerra do Vietnã

O principal museu da Cidade de Ho Chi Minh conta a história das guerras do Vietnã, desde a luta pela independência da França até a icônica guerra contra os Estados Unidos, EUA. Entretanto, o museu dá um destaque muito maior à Guerra do Vietnã do que aos outros conflitos. A parte que mais chama a atenção dos turistas é o pátio externo, onde ficam os veículos usados pelos americanos na Guerra, há desde tanques até helicópteros e aviões. Mas, como é um museu sobre a guerra, não é uma visita leve, principalmente, a parte que fala do uso de armas químicas pelos EUA. Para saber mais, leia a matéria O Museu de Memórias da Guerra do Vietnã em Ho Chi Minh.

museu-guerra-vietna

Pátio externo do museu – Foto de: Brian Johnson & Dane Kantner (CC BY-SA 2.0)

Pontos turísticos fora da cidade

Há dois pontos turísticos muito visitados que ficam fora da cidade, que é o Delta do Rio Mekong e os Túneis de Cuchi. A maioria dos turistas visitam esses locais através de excursões contratadas na cidade de Ho Chi Minh.

Delta do Rio Mekong

O Rio Mekong é um dos maiores da Ásia e ele deságua no mar próximo à Cidade de Ho Chi Minh, formando um delta. Para quem não sabe, delta é quando um rio se subdivide em vários braços ou canais. Essa região é bonita, com canais estreitos em que é possível fazer passeio de barco. Antigamente, a região era habitada por crocodilos, mas a caça predatória extinguiu a espécie da região. As excursões que fazem esse passeio ainda visitam uma fábrica de balas artesanais, feitas de coco e alguma cidadezinha ou templo budista da região.

Passeio de barco no delta do rio Mekong

Passeio de barco no delta do rio Mekong

Túneis de Cuchi

A região de Cuchi possui uma rede de túneis construída durante a Guerra do Vietnã. Os vietcongues utilizavam esses túneis para atacar as tropas americanas, transportar armas, alimentos, além de se locomoverem sem serem vistos pelo exército inimigo. Os túneis não são exclusividade de Cuchi, eles foram construídos em várias partes do território vietnamita. Os Túneis de Cuchi foram preservados e viraram atração turística para os visitantes da Cidade de Ho Chi Minh. Talvez esse não seja um bom passeio para quem é claustrofóbico, pois os túneis são pequenos e estreitos. Nas excursões, além da visita aos túneis, há um campo de tiro em que os turistas podem pegar em armas que eram usadas durante a guerra e dar alguns tiros.

Uma das saídas dos túneis - Foto de: Sergio e Gabriella Trentanni (CC BY-NC-ND 2.0)

Uma das saídas dos túneis – Foto de: Sergio e Gabriella Trentanni (CC BY-NC-ND 2.0)

Veja hotéis em Hanói clicando aqui.

Leia nossas outras matérias sobre a cidade de Ho Chi Minh:
– Ho Chi Minh a cidade comunista que virou cosmopolita
– O caótico e maluco trânsito da cidade de Ho Chi Minh
– O Museu de Memórias da Guerra do Vietnã em Ho Chi Minh

Foto de capa do Opera House de Saigon - Foto de:  rjabalosIII (CC BY 2.0)

Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.

Share This