Foto: Joe Hunt (CC BY 2.0) China

Pequim é uma cidade com muitas atrações turísticas interessantes. Por isso, é possível passar uma semana na cidade e ainda ter lugares interessantes para conhecer. Entretanto, como a maior parte das pessoas não possui tanto tempo disponível, vamos mostrar o que é possível e mais pertinente conhecer em menos tempo.

Leia também: O que fazer em Pequim, conheça os 7 principais pontos turísticos

Roteiro de 3 Dias

Se você possui apenas três dias disponíveis, não terá tempo de sobra, mas terá o tempo essencial para visitar as principais atrações turísticas da cidade. Nesse caso, você precisará ser bem focado e otimizar o tempo para tudo caber no roteiro.

1° Dia

No primeiro dia, você pode conhecer a Cidade Proibida, que é o bonito e interessante Palácio Imperial da China. O local é muito grande e pode-se passar o dia inteiro por lá. Entretanto, em meio dia é possível conhecer o essencial do Palácio.

roteiro pela cidade proibida de pequim

Cidade Proibida – Foto: chinaoffseason (CC BY 2.0)

Antes de visitar a Cidade Proibida, você pode dar uma voltinha na Praça da Paz Celestial (foto de capa), que é a principal praça da cidade e localiza-se em frente ao Palácio. É preferível visitá-la antes de entrar na Cidade Proibida, já que a entrada é em frente à praça e a principal saída é do lado oposto.

À tarde, você pode ir ao Parque Jingshan, localizado atrás da Cidade Proibida. O Parque possui uma pequena colina de 45 metros, de onde se tem uma bela vista da Cidade Proibida.

Você não gastará mais de duas horas por lá, por isso ainda sobra tempo para visitar um mercado para comprar artesanato chinês, como o Panjiayuan Antique Market.

atraçoes turisticas de pequim

Vista da Cidade Proibida do alto do Parque Jingshan

2° Dia

No segundo dia, é hora de visitar a Muralha da China. Existem vários trechos próximos a Pequim, sendo que o mais perto e mais visitado é Badaling, que se localiza a 75 km de Pequim. É possível chegar de trem ou de ônibus e a viagem dura cerca de uma hora. Para saber como chegar até lá leia a matéria: Muralha da China, trechos próximos a Pequim.

Não há necessidade de ficar o dia inteiro na Muralha, por isso você ainda terá uma parte da tarde. Para esse fim de tarde a dica é ir ao Templo Lama. O local é um lindo templo budista que possui vários prédios, mas não demanda muito tempo a visita.

À noite, se ainda tiver ânimo, você pode ir a um barzinho ou balada no moderno bairro de Sanlitun.

3° Dia

No terceiro dia, você pode visitar o Palácio de Verão. O Palácio fica em uma enorme área, onde existem jardins, uma lagoa e vários pequenos prédios para visitar. Esse é outro lugar que você poderia passar um dia inteiro, mas em meio dia é possível conhecer o local.

vila do Palacio de verão beijing

Palácio de Verão

À tarde, você pode ir ao Templo do Céu, o famoso templo redondo do século XVI. Essa atração fica dentro do Parque Tiantan, onde há outros templos para visitar. Você também pode aproveitar para dar uma passada no Mercado das Pérolas (Pearl Market), que fica em frente ao parque. Esse mercado tem praça de alimentação e vende vários produtos, inclusive souvenirs e artesanato chinês.

Templo do Céu – Foto: Jameziecakes (CC BY-NC 2.0)

Roteiro de 4 e 5 dias

Com um ou dois dias a mais já dá para explorar além do óbvio. É possível conhecer uma Pequim menos turística e mais real. Além do mais, dá para visitar outros interessantes pontos turísticos.

4° Dia

Nesse dia, você pode visitar o Museu Capital Beijing, que concentra muitos artefatos (esculturas, porcelanas, etc) de diferentes épocas imperiais da China. O museu é grande, mas em uma manhã é possível conhecê-lo.

Museu Capital Beijing

Museu Capital Beijing Foto: Caroline Léna Becker (CC BY 2.0)

À tarde, você pode ir ao Templo Lama, caso não tenha tido tempo de visitá-lo no mesmo dia da Muralha da China. Caso já tenha visitado, a dica é ir ao Templo Tanzhe, com 1700 anos de história.

À noite, é hora de apreciar a culinária chinesa na Wangfujing Snack Street, uma rua com várias barraquinhas que vendem diversos tipos de comidas de todas as partes da China. Essa é, inclusive, uma das regiões que recomendamos se hospedar, apra saber mais leia Onde ficar em Pequim, conheça as melhores regiões da cidade.

espetinhos de frutas comida típica chinesa Pequim

Espetinhos em uma barraquinha na Wangfujing Snack Street – Foto: Joni Cong (CC BY 2.0)

5° Dia

No quinto dia, é hora de conhecer o Parque Beihai, onde fica o Palácio de Inverno. O local não é tão bonito quanto o Palácio de Verão, mas também possui seu charme, com seus jardins, palácio e templos. Em uma manhã é possível conhecer o lugar.

pontos turisticas beijing

Parque Beihai – Foto: Dennis Jarvis (CC BY-SA 2.0)

À tarde, você pode ir ao Zoológico de Pequim, o maior do país com centenas de animais. As estrelas do zoológico são os fascinantes Ursos Pandas.

Panda no Zoo de Pequim – Foto: Feng & Jia (CC BY-NC-ND 2.0)

Se seu voo for apenas no dia seguinte, é possível ver uma peça na Ópera de Pequim. Os preços são um pouco salgados, mas se estiver em cartaz uma peça interessante vale a pena.

Leia também as outras matérias sobre Pequim:

É barato viajar para a China? Veja quanto custa uma viagem para Pequim

Pequim, a fascinante cidade que é o coração da China

A arte da pechincha, como comprar barato na China

Como chegar em Badaling, o trecho mais turístico da Muralha da China

Foto de capa da Praça da Paz celestial com a Cidade Proibida ao fundo- Foto de: Joe Hunt (CC BY 2.0)

Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.

Share This