O magnífico Templo Branco de Chiang Rai Tailândia

O Wat Rong Khun mais conhecido como Templo Branco é um dos principais templos da Tailândia. Ao contrário da maioria dos templos turísticos do país, que são históricos e antigos, o Templo Branco é uma construção moderna, erguido na década de 1990. Ele foi projetado por um artista local, Chalermchai Kositpipat, para ser tum templo tanto budista quanto hinduísta.

Quando se chega ao Wat Rong Khun, a primeira impressão é bem marcante, pois o templo brilha, devido a milhares de pequenos pedaços de espelhos que há em seu revestimento externo. Para entrar pela entrada principal, se passa por um caminho onde há vários mãos desesperadas pedindo ajuda, as quais representam o mal e as trevas.

No interior do templo é onde encontramos a maior surpresa! Ao contrário da imagem pesada e forte das mãos, a pintura interna é pitoresca e divertida. É o tipo de pintura que só se acredita vendo. A grande pintura que envolve as quatro paredes internas é uma mistura de temas religiosos, com figuras da cultura pop. Budas e monges se misturam a Homer Simpson, Batman, Michael Jackson, Fred Kruger, entre outros. Não era permitido tirar fotos internas, então eu não tenho fotos da pintura. Deixarei vocês na curiosidade para, quando forem lá, não estragar a surpresa!

O Templo Branco é bem diferente de todos os outros templos que vimos no sudeste asiático. E com certeza vale a pena visitá-lo! Ainda faz parte do complexo do Wat Rong Khun um museu com quadros e esculturas, que não é nada de imperdível, mas vale a pena dar uma conferida.

templo-branco-chiang-rai

Como Chegar

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o Templo Branco não fica em Chiang Mai, mas sim em Chiang Rai, uma pequena cidade há 3 horas da aventureira cidade de Chiang Mai. Para ir até lá, há duas opções.

Uma delas é pegar um tour saindo de Chiang Mai que vai ao Templo Branco, ao triângulo dourado (tríplice fronteira da Tailândia, Laos e Myanmar) e alguns outros lugares menos interessantes. O problema desse tour é que ele termina tarde, por volta de 20 ou 21 horas. Então fica difícil fazer o tour e viajar no mesmo dia.

Outra opção é ir de ônibus por conta própria. Nós fomos de ônibus! Há apenas uma empresa que faz o trajeto, a Green Bus. Há vários horários de ônibus, basicamente a cada meia hora. Também há diferentes tipos de ônibus, 1ª classe, 2ª classe, etc. Nós fomos no primeiro que tinha vaga, que era de 2ª classe, custou 144 Baths (R$15) e o ônibus era confortável e tinha ar-condicionado. A viagem dura pouco mais de três horas.

O Templo Branco não fica dentro da cidade de Chiang Rai, fica na estrada a meia hora da cidade. Na própria rodoviária tem ônibus coletivo que vai até lá, custa 20 Baths (R$2). Você também pode ir de tuk tuk, mas será mais caro. A entrada no Templo Branco é gratuita.

Uma dica para visitar Chiang Rai é ir de ônibus de Chiang Mai e voltar direto de Chiang Rai para Bangkok. Há algumas opções de voos com bons preços pela Nok Air.

Leia nossas outras matérias da Tailândia:

– Tailândia, uma visão geral de seus encantos

– Passeio de Elefante em Chiang Mai

– Tiger Kingdom: entrando na jaula do tigre

– Khao San Road, a rua dos mochileiros em Bangkok

– Phi Phi, a ilha mais famosa da Tailândia

 


Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.

  • Desculpe pela demora em responder, estava viajando. Nós fomos com nossas malas e a funcionária de uma loja ao lado do templo, gentilmente, se ofereceu para guardar nossas malas sem cobrar nada. Nesses casos, quando não há guarda volume, eu sempre vou a uma loja e peço para guardar as malas; pode acontecer de guardarem de graça ou cobrarem um pequeno valor pelo serviço.

  • Ivy Kupper

    Olá estou em chiang mai e amanhã volto pra bangkok , queria saber como faço com a mala caso decida ir direto de chiang Raí a bangkok ? Vc levou suas malas para conhecer o templo???

Share This