O caótico e maluco trânsito da cidade de Ho Chi Minh Vietnã

Em minha viagem pelo sudeste asiático andei de elefante, entrei na jaula de tigres, caminhei pela rua depois do toque de recolher da polícia, mas nada disso foi tão aventureiro como encarar o trânsito da maior cidade do Vietnã!

A Cidade de Ho Chi Minh é uma cosmopolita metrópole e o centro econômico do país. Com seus oito milhões de habitantes, a cidade é a maior do Vietnã e possui arranha-céus, lojas de grife, avenidas largas e um trânsito completamente caótico! No geral, o sudeste asiático possui fama de possuir um trânsito caótico, mas nada se compara ao dessa pitoresca metrópole.

Leia também: Ho Chi Minh a cidade comunista que virou cosmopolita

Se formos comparar à Índia, o trânsito do Vietnã não é tão diversificado. No país de Gandhi há elefantes, vacas, tuk-tuks, entre os veículos no trânsito. No Vietnã há apenas os veículos tradicionais: carros, motos, ônibus. O diferencial é a proporção de cada veículo. As motos representam 70% do total.

Foto de: Waynewhuang (CC BY-NC 2.0)

Foto de: Waynewhuang (CC BY-NC 2.0)

Outro fator importante é que em Ho Chi Minh ninguém respeita os semáforos. Com exceção de alguns pouquíssimos cruzamentos de avenidas, os motoristas não se importam se o semáforo está fechado ou aberto, eles sempre passam. Os sinais de trânsito (vermelho, laranja e verde) são decorativos na cidade e a maioria dos nativos dirigem como se eles não existissem.

Como atravessar uma rua

O trânsito caótico da cidade não é ruim apenas para os motoristas, mas também para os pedestres. Atravessar uma rua é uma grande dificuldade! Nas ruas de menor movimento é possível esperar parar de passar veículos e atravessar rápido. Entretanto, isso não é possível nas principais avenidas.No centro da cidade há avenidas que não param de passar veículos hora nenhuma. A reação dos turistas estrangeiros, ao se deparar com essas avenidas, é sempre a mesma: esperar o trânsito aliviar para poder atravessar. Mas, depois de 10, 15, 20 minutos, você percebe que esse momento não chegará nunca! Principalmente, porque não é possível atravessar correndo, pois há milhares de motos. Aí você percebe que para atravessar só há um jeito, usar a técnica dos nativos!

Foto de: MJ Baumann (CC BY-NC 2.0)

Foto de: MJ Baumann (CC BY-NC 2.0)

Atravessando as avenidas de Ho Chi Minh

Os nativos usam uma técnica muito peculiar para atravessar as avenidas. Eles vão andando devagarzinho, dando minúsculos passos; os motoristas estão acostumados e vão desviando. Mas, os veículos passam perto dos pedestres! Às vezes, é até possível sentir o ventinho das motos passando ao seu lado. Na primeira vez que atravessei, tive muito medo, mas segui  em frente!  Quando cheguei do outro lado da rua, me deu um grande alívio de ter chegado inteiro, sem ter precisado usar o seguro de saúde! Nas outras vezes que atravessei tive menos medo, mas isso não é o tipo de coisa que você faz com naturalidade.

Veja o vídeo da técnica de atravessar a rua:

Veja agora o vídeo do trânsito da Cidade de Ho Chi Minh visto de cima:

Apesar de ser algo bizarro, o trânsito da cidade de Ho Chi Minh é o tipo de coisa que você acha que só existe no cinema e na imaginação das pessoas. Mas, depois que você começa a viajar, percebe que o mundo é fascinante e muito mais interessante do que jamais havia imaginado!

Leia nossas outras matérias sobre a cidade de Ho Chi Minh:
– Ho Chi Minh a cidade comunista que virou cosmopolita
– Principais pontos turísticos de Ho Chi Minh
– O Museu de Memórias da Guerra do Vietnã em Ho Chi Minh

Foto de capa de: Paul Arps (CC BY 2.0)

Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.

Share This