Existe fast foods em países comunistas? China / Vietnã
Imagem de capa do artista Banksy - Foto de: Lord Jim (CC BY)

Uma curiosidade de muitas pessoas é saber quais as diferenças práticas que podemos encontrar ao viajarmos a um país comunista. E saber se há fast foods, apesar de ser uma bobeira perto de outros aspectos desses países, não deixa de ser uma curiosidade de muita gente! Então vamos lá, começando por falar quais os países adeptos dessa ideologia.

Países Comunistas

O comunismo é uma ideologia política que tem como seu principal mentor Karl Marx. Apesar dos especialistas dizerem que nenhum país conseguiu alcançar o comunismo de fato, alguns países são comumente chamados de comunistas, como China e Cuba. Essa lista varia, mas a mais comum é a que diz que hoje há cinco países comunistas no mundo: China, Coreia do Norte, Cuba, Laos e Vietnã. Desses cinco países, quatro ficam na Ásia. E, apesar da proximidade, eles possuem muitas diferenças políticas e econômicas. Eu conheci apenas dois desses países: China e Vietnã. Mas, eu pesquisei sobre os outros e agora irei contar para vocês!

paises-comunistas

Foto de: Mark Surman (CC BY)

Fast food

Fast food é uma palavra inglesa que significa comida rápida. Fast food, na verdade, se refere a refeições que podem ser preparadas e servidas em um pequeno intervalo de tempo. Isso inclui vários tipos de lanchonetes. Mas, nessa matéria quando falo em fast food estou me referindo as redes internacionais de alimentação tais como: McDonald’s, Subway, Burguer King, Pizza Hut, etc.

fast-food-china

Foto de: Ebru (CC BY)

China

A China é a segunda maior economia do mundo. O país que se possuir um “comunismo de mercado”, se abriu para a economia do mundo. Isso inclui fast foods! Há vários deles nas principais cidades do país. E não podemos dizer que esses restaurantes são uma novidade. O primeiro fast food a se instalar na China foi o KFC em 1987. A rede que vende frangos fritos não é muito popular no Brasil, mas na China, até hoje, é o fast food mais popular do país.

O McDonald’s não ficou para trás e foi o segundo a abrir as portas no país asiático. O McDonald’s chinês possui diferenças em relação ao brasileiro, como hambúrgueres com molho de pimenta. Mas, a maior diferença é o sorvete; ao contrário do Brasil em que o sorvete é de baunilha e/ou chocolate,  na China é baunilha e chá verde. Apesar da cor interessante, o gosto é péssimo! Não foi possível dar mais do que uma colherada.

Na China também podemos encontrar Subway e Pizza Hut. Além desses, há muitos fast foods chineses, tanto de comida local quanto imitando os fast foods ocidentais; eles são mais baratos e não são ruins. Um exemplo é o Mr Lee, só vende comida chinesa, que é completamente diferente da comida chinesa que comemos no Brasil. Apesar de ter cardápio em inglês, você vai acabar escolhendo pelas fotos.

Leia também: Pequim, a fascinante cidade que é o coração da China

Mcdonalds-china

Mc Donalds e KFC na China – Foto de: Sara Yeomans (CC BY)

fast-food

Sorvete de Chá Verde do McDonalds

Vietnã

O Vietnã segue o modelo de “comunismo de mercado” da China. Apesar do país ter se aberto a várias grifes caras de roupa como Louis Vuitton e Chanel, o mesmo não aconteceu com os fast foods. Não há McDonald’s e Burguer King no país. Mas, isso não quer dizer que não haja fast foods de hambúrgueres. O fast food mais popular no país é o Lotteria, da Coreia do Sul. O Lotteria vende hambúrguer, batata frita, frango frito e refrigerante. Eu comi uma vez e achei o hambúrguer regular, não chega a ser muito saboroso, mas também não é ruim.

Em relação a fast foods ocidentais há KFC, Pizza Hut e Subway. O KFC é o que possui mais unidades. A Pizza Hut também está em várias cidades do país. Já o Subway possui apenas uma loja na cidade de Ho Chi Minh.

comunismo

KFC do Vietnã – Foto de: Christopher (CC BY)

Laos

O Laos é localizado a oeste do Vietnã, porém é um país bem mais pobre e menos turístico que o vizinho. O país é destino, principalmente, de mochileiros e o principal destino é a cidade de Luang Prabang. Segundo relatos que li, o Laos não possui fast foods. O país ainda é muito fechado, apesar de estar se abrindo aos turistas. A oferta de hotéis e restaurantes não é grande, mas o povo tem fama de ser o mais feliz e simpático do sudeste asiático.

Coreia do Norte

A Coreia do Norte é o país mais fechado do mundo. Quem visita o país não pode andar livremente pela rua, sempre vai acompanhado do guia da agência de viagens e um guia local. Veja matéria do O Globo – Uma brecha no país mais fechado do mundo . Por isso, você não terá muitas opções de lugar para comer. Fast food nem pensar! Até restaurantes que façam comidas ocidentais não são muito comuns.

Cuba

Cuba é o país comunista mais perto do Brasil. A ilha do Caribe não possui fast foods, mas hoje já possui restaurantes privados. Entretanto, dizem que comer em restaurantes estatais é uma experiência muito interessante e barata! O país já possui vários hotéis de redes internacionais e resorts. Com a reaproximação com os Estados Unidos, não imagino que irá demorar para que os fast foods americanos invadam a ilha caribenha.

Culinária local

Se você for viajar para países comunistas ou qualquer outro país do mundo, a dica é aproveitar a culinária local! Uma das vantagens de se viajar é poder apreciar a comida típica de um lugar; principalmente, se você estiver em países em desenvolvimento, pois o preço do fast food será o mesmo de uma boa refeição! Deixe o fast food para quando você cansar da culinária local, porque se sua viagem for longa, mais cedo ou mais tarde, isso irá acontecer!

culinaria-local

Prato vietnamita, eu provei desse prato e ele é, realmente, delicioso!

Leia também outras matérias sobre a China e Vietnã:

Ho Chi Minh a cidade comunista que virou cosmopolita

Halong Bay, a incrível baía do Vietnã

É barato viajar para a China? Veja quanto custa uma viagem para Pequim

Muralha da China, trechos próximos a Pequim


Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.

Share This