Foto: Maurizio Costanzo (CC BY 2.0) Equador

O Equador é um país que possui atrações turísticas para vários tipos de gostos e o melhor: é um país barato para fazer turismo! Por isso, o país é destino de muitos mochileiros de todo o mundo. Porém, não só de mochileiros vive o turismo; muitos turistas de padrão mais elevado também desembarcam no país, pois ele possui um custo de viagem menor que outros países da região.

Leia também: O que fazer no Equador, veja as 7 principais atrações turísticas 

Preços

Os preços no Equador variam de acordo com as cidades, as cidades maiores (Guayaquil e Quito) são mais caras que as menores. Mas, se fizéssemos uma média de preços, eles não seriam altos. É possível encontrar quartos de hotéis a partir de US$15 e um padrão três estrelas a partir de US$40.

Para encontrar hotéis com bons preços no Equador clique aqui.

Foto: Antoine 49 (CC BY-NC-ND 2.0)

O site Budget Your Trip fornece uma média diária de gastos no Equador de US$34; se a viagem for de alto nível seriam US$82 e no padrão mochileiro US$14. O site usa como base turistas econômicos, mas mesmo com algumas extravagâncias, os valores não aumentariam consideravelmente.

O único destino caro no Equador é Galápagos. Se você deseja conhecer a ilha, saiba que precisará gastar um pouco mais. Apenas a passagem aérea, ida e volta, de Quito à ilha custa US$400, mas se ficar de olho nas promoções pode encontrar valores mais baixos. Os passeios e a alimentação também são um pouco mais caros na ilha, contudo nada que onere demais a sua viagem.

Leia também: Como viajar de ônibus dentro do Equador 

Dólar

A moeda oficial do Equador é o Dólar Americano, desde o ano 2000, quando a antiga moeda, Sucre, saiu de circulação. Isso facilitou a vida dos turistas, já que não era necessário fazer câmbio. Por outro lado, quando o Dólar se valoriza, ele, normalmente, se valoriza frente a todas as moedas da América Latina. Isso suaviza a alta para o turista da região, porque se o Real perder valor, o Peso colombiano e argentino também perderão, mesmo que de forma menor.

Como o Equador utiliza o Dólar, as mudanças cambiais drásticas podem fazer a viagem sair muito mais cara. Mesmo assim, ele continuará sendo mais barato do que países vizinhos como a Colômbia. Viajei no ano passado para o Equador, quando o Dólar estava alto, a R$3,65 e apesar disso, a média de gastos no país foi menor que na Colômbia, país que havia sofrido uma grande desvalorização da sua moeda frente ao Dólar.

homem segurando notas de dolares americanos

Preços para turistas

O Equador é um dos países que viajei que menos senti que estava pagando mais caro por ser turista estrangeiro. Na maioria das vezes, acredito que estávamos pagando o mesmo preço que os moradores locais. E um jeito de medir isso é o interesse que alguém tem em lhe vender algo ou prestar um serviço. Os taxistas são ótimos termômetros, pois quando você pergunta o preço, depois vai embora e eles te seguem insistindo para você ir com eles, há algo de errado.

Em Cuenca, no ponto de táxi da rodoviária, fui perguntar o preço da corrida para o taxista, virei as costas para falar com minha namorada, chegou uma mulher e perguntou se estava vazio, entrou no táxi e foi embora. Depois chegou outro táxi, falei que iríamos com ele, fui pegar o mochilão que estava mais afastado, entrou outra pessoa e o táxi foi embora de novo. Aí que percebi que eles não olhavam para a gente como possibilidade de lucrar mais, nós éramos apenas mais um cliente!

Leia também: Cuenca: quantos dias ficar e quanto custa viajar 

feirinha vendendo artesanato equatoriano

Feira com artesanato equatoriano

Leia nossas outras matérias sobre o Equador:

Equador: um país pequeno, mas cheio de emoção

Baños, o que fazer na cidade da aventura no Equador

Onde ficar em Quito, no Centro Histórico ou em La Mariscal?

Chapéu Panamá, o famoso sombrero de origem equatoriana

Foto de capa de: Maurizio Costanzo (CC BY 2.0)

Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.

Share This