Seguro de viagem

Não se esqueça do Seguro de Viagem

Quando se planeja uma viagem, imaginamos tudo, menos ficar doente. Afinal, férias é um tempo sagrado, onde o lazer e a tranquilidade são quem ditam o ritmo. Mas, sempre é bom estar preparado, pois doenças não avisam quando vão chegar. E se chegarem, além de atrapalhar a viagem, podem gerar um gasto bem alto, caso você não tenha um seguro de viagem.

Por isso, o seguro de viagem é fundamental para garantir tranquilidade a uma viagem. Afinal, você nunca sabe quando vai precisar de uma assistência à saúde. Pois, caso fique doente ou sofra um acidente, precisará de um atendimento. E esse atendimento pode sair bem caro! Em alguns lugares, como Europa e EUA, uma simples consulta médica junto com a aplicação de um soro ou remédio na veia, pode custar várias vezes o valor do seguro de viagem. Se for internação, prepare-se para contar os zeros da conta.

Então, não vale a pena arriscar. Contrate um seguro de viagem! Além da cobertura hospitalar, ele  ainda te dará outros benefícios como: repatriação em caso de doença, pagamento de passagem de volta em caso de doença e indenização em caso de perda de mala, entre outros. Os benefícios variam de empresa para empresa e os valores das coberturas variam de acordo com o plano. É comum uma empresa ter mais de um plano, quanto mais caro, maior o valor da cobertura. Há planos bem caros, em que as coberturas são bem altas; também há outros mais baratos, em que está incluído só o basicão.

Várias empresas oferecem esse tipo de seguro: Mondial, Travel Ace, World Nomads, Itaú, Allianz, etc. Se você pesquisar no google vai ver. São tantas empresas que até fica difícil escolher.

Vale a pena lembrar, que caso você for viajar para a Europa é necessário ter um seguro de saúde. Nos países da União Europeia vigora o Tratado de Schengen, que exige que os turistas tenham um seguro de saúde no valor mínimo de 30 mil euros. Caso você não tenha, pode ser um motivo para impedirem sua entrada no país.

Vale a pena usar o seguro do cartão de crédito?

Alguns tipos de cartões de crédito oferecem um seguro de viagem gratuito, quando você compra a passagem aérea pelo cartão. O melhor desse seguro é o valor, já que ele sai de graça. Porém, é preciso observar os valores e os tipos de cobertura, pois eles podem ser bem baixos. Caso queira saber valores de gastos médios hospitalares em outros países, acesse o site MyTravelCost.com.

Como escolher o seguro?

Primeiramente, não avalie apenas os preços. É necessário fazer uma análise preço x cobertura. Os tipos de cobertura podem ser diferentes, alguns podem ter adiantamento de dinheiro em caso de roubo, outros assistência jurídica, outros podem ter os dois. Observe também os valores das coberturas. A principal cobertura desses seguros é a cobertura médica. Há dois tipos de cobertura médica: cobertura por acidente ou doença e cobertura de doenças existentes. Um dado muito importante é referente a carência. Alguns seguros têm valores altos de cobertura médica, porém cobram uma carência. Por exemplo, se o seguro tiver uma carência de US$100, toda vez que você utilizar a parte médica, pagará US$100, independente se for para uma simples consulta médica ou para internação. Outra cobertura interessante de observar é o seguro de extravio de bagagem, pois o extravio ou perda da mala é algo bem mais provável de acontecer.

 

Nós, do Abrace o Mundo, recomendamos o seguro de viagem do Mondial Assistence, que é um dos principais seguro de viagem mundiais e possui uma boa cobertura e atendimento ao cliente. Nós mantemos uma parceria com a Mondial e damos um desconto de 15%. Confira aqui.

Share This