Como se vestir em países muito frios Dicas

Já dizia Jorge Benjor “moro num país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza, mas que beleza”. Para os habitantes desse fascinante país tropical chamado Brasil, qualquer pequena queda de temperatura já é considerada frio. Até para os moradores da região Sul, que acham que conhecem bem o frio, as temperaturas próximas a 5°C não são nada se comparadas com os invernos congelantes de alguns países. Por isso, sempre aparece aquela dúvida: que roupas usar em locais, realmente, frios?

Alguns países possuem inverno com temperaturas muito baixas e se for viajar para algum desses lugares, você precisará estar preparado para o frio! A primeira dica é não escutar a sua mãe ou sua avó. Para elas, a lã é o melhor material do mundo para prevenir o frio e se depender delas, você ocupará metade da sua mala com os volumosos casacos de lã. Para o frio do Brasil a lã pode ser uma boa alternativa, mas para temperaturas negativas não é a melhor opção!

como-se-vestir-em-locais-frios

Vestir em Camadas

O melhor jeito para se vestir e se prevenir do frio é usando o sistema de camadas, que consiste em utilizar várias camadas de roupas, pois assim você pode pode tirar ou colocar uma camada, de acordo com a necessidade do ambiente.  Além disso, esse sistema ajuda a drenar o suor do seu corpo. Imagine que você está com uma blusa de manga comprida mais grossa e um moletom e se sente aquecido, se você começa a fazer uma atividade física, vai começar a suar e o suor irá molhar sua blusa e depois o moletom. A roupa molhada irá te fazer sentir frio!As roupas mais modernas são feitas de material sintético. Também há alguns bons tecidos naturais, como pelo de Vicunha, mas são roupas caríssimas e que não são encontradas em qualquer lugar.

Nos países desenvolvidos, o frio está apenas nas áreas externas. Nas áreas internas, como museus, hotéis, restaurantes, a temperatura é bem mais alta que na rua e um simples moletom já basta para lhe aquecer. Por isso, a roupa que você irá utilizar, dependerá da atividade externa que você fará. Por exemplo, caminhar pela cidade, esquiar ou fazer trekking em montanhas, demandará tipos diferentes de vestimentas.

Pesquise a temperatura que você deverá encontrar em seu destino. Temperaturas entre 5 e 10°C não necessitam de muita tecnologia para se aquecer; um bom casaco e uma segunda pele embaixo da calça já podem resolver o problema. Mas, se a temperatura for inferior a isso, o melhor é utilizar o sistema de camadas. O mais comum é o sistema com três camadas, porém esse número pode aumentar, chegando a cinco camadas, dependendo da temperatura e da atividade ao ar livre que você realizará. Vamos começar a falar sobre as camadas que ficam mais perto da pele.

1ª Camada – Segunda Pele

O nome dessa camada já diz tudo, ela é a sua segunda pele; a roupa que estará mais próxima ao seu corpo, sem contar a cueca ou calcinha/soutien é claro. Na verdade, há dois tipos de segunda pele, que são chamadas em inglês de underwear e base layer.

Base Layer: seu objetivo principal não é aquecer, mas drenar o suor do corpo, tirando a umidade da pele; o que ajuda a manter regulada a temperatura corporal.

Underwear Polar: também drena o suor do corpo, mas é uma roupa térmica, ou seja, ajuda no aquecimento. Esses dois tipos são roupas que ficam mais coladas ao corpo. O Underwear Polar possui variação de espessura, que vai depender do frio que você enfrentará e das suas outras camadas. Na parte da “calça” é melhor que você use uma que o tecido seja mais grosso, já que na parte de baixo do corpo nós usamos menos camadas que na parte de cima.

Segunda Pele

Segunda Pele

2ª Camada – Camada Térmica

A segunda camada é a que possui o objetivo térmico, ou seja, manter seu corpo aquecido. Há vários tipos de tecidos, com diferentes espessuras. Alguns tecidos aquecem bem mais que outros, mas os preços também variam.

Pluma de Ganso: casacos feitos com pluma de ganso são ideais para ambientes muito frios, principalmente, para locais de baixa umidade. Se você estiver em um local com muita umidade, as penas de ganso perdem um pouco de sua capacidade de isolamento térmico. Casacos com pluma de ganso são leves, mas possuem a desvantagem de serem muito volumosos e se caso molharem demandam muito tempo para secar.

Fibra sintética: há vários tipos de fibras sintéticas utilizadas como isolantes térmicos em casacos, como polares e fleeces. Casacos com fibra sintética podem ser ainda mais volumosos que de pluma de ganso, já que alguns materiais são piores que a pluma e necessitam de grande volume para ter a mesma eficiência que a pluma. A vantagem desse material é que ele funciona melhor em ambientes de alta umidade e ele seca bem mais rápido do que o de pluma. Uma desvantagem é o peso, que é bem maior.

Fleece

Fleece

3ª Camada – Capa Impermeável e Corta Vento

A terceira camada é uma capa impermeável, também conhecida como Anorak. Ela vai te proteger não apenas da chuva, como também do vento. Há alguns locais como no alto de morros ou na parte superior de edifícios em que o vento é muito forte. Se você não possuir um Anorak, o vento gelado irá diminuir muito a eficiência da roupa intermediária em manter seu corpo aquecido.

Há várias marcas que vendem casacos com a 2ª e a 3ª camadas juntas. Elas vem juntas e possuem um zíper para você poder separá-las quando quiser.

Casaco e calça impermeável e corta vento

Casaco e calça impermeável e corta vento

Acessórios

Não se pode esquecer dos acessórios! A luva é um dos mais básicos. Se estiver sem luvas, suas mãos não conseguirão ficar muito tempo fora dos bolsos. Gorro também é extremamente necessário caso seu casaco não tenha capuz. E se estiver muito frio, mesmo com capuz é bom colocar um gorro, pois as orelhas são locais que sentimos muito frio! Se estiver com uma roupa que não proteja o pescoço, o cachecol é outro elemento básico! E por último as meias, use meias mais grossas, como de lã ou mesmo, meias térmicas.

luvas

 

Onde comprar?

Como vocês já podem imaginar, o Brasil não é o lugar ideal para comprar esse tipo de roupa. O principal motivo é que em nosso país não há temperaturas muito baixas, então as vendas são voltadas a quem vai viajar ao exterior. Como não há um grande público-alvo, são poucas lojas que vendem esse tipo de roupa; seus produtos são caros e não possuem muita variedade. Muitas capitais nem devem ter lojas que vendem esse tipo de roupa. No Brasil, São Paulo é o local indicado para comprar essas roupas.

O ideal é comprar essas roupas no exterior. Mas, para achar um local que ofereça grande oferta desse tipo de produto, você precisa estar em uma região que seja fria e faça jus a usar essas roupas. Não vai ser em Miami que você vai encontrar grandes ofertas desses produtos.

Há muitas marcas de casacos e entre as melhores estão: Columbia, North Face e Patagonia. Uma boa dica, se você estiver nos EUA, é dar uma olhada no Walmart, pois eu comprei um casaco 2 em 1, com camada térmica de pluma de ganso e uma camada impermeável por menos da metade do preço dos casacos das principais marcas.

Todas as fotos utilizadas são de divulgação da marca Columbia

Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.

Share This